quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Até onde o meu fôlego me levar




Meu mundo se resume a palavras que me perfuram, a canções que me comovem, a paixões que já nem lembro, a perguntas sem respostas... a respostas que não me servem, à constante perseguição do que ainda não sei... Meu mundo se resume ao encontro do que é terra e fogo dentro de mim, onde não me enxergo... mas me sinto. - Martha Medeiros



Eu tenho uma vontade tão grande de ir que já nem enchergo o lado bom de ficar. Mas por enquanto eu vou ficando. Vou ficando por que eu sei que é mais sensato esperar. Mas um dia eu vou de vez, por que também não vou viver só de esperas. Quero algo mais forte que isso




... Irei até onde o ar termina, 
irei até onde a grande ventania se solta uivando
... irei até onde o vácuo faz uma curva, 
irei até onde meu fôlego me levar."
- Clarice Lispector

2 comentários:

Winny Trindade disse...

Era sério mesmo aquilo de fugir, mas acho que me falta coragem ou será excesso de sensatez??!

Bom, um dia a gente se vai mesmo.

Abraço meu amiguinha.

Daaý Brunett´S disse...

Eu irei tambem....
Bjs!