sexta-feira, 5 de novembro de 2010

"E pela minha lei a gente era obrigado a ser feliz"





-      Estou aqui pensando na vida, como sempre. As coisas deveriam dar certo, deveriam ser do jeito que eu quero, eu deveria acordar amanhã totalmente curada.


           -           A gente deveria ser mais feliz.  O universo podia conspirar a favor pelo menos um instante só pra variar. Sabe, anda sendo tão frustrante estar viva e perceber que aquilo que a gente tanto esperou, que essa fase na verdade... não muda quase nada a nossa realidade de meses atrás. Estamos na mesma.

              - Eu tenho tanto medo de que viver seja isso. Apenas isso. Nada mais

           - Me disseram esses dias que a gente se sente um pouco assim porque a mudança acontece de forma tão lenta que parece quase imperceptível. Por isso é tão irritante.

- Espero que essa pessoa esteja certa.

           - É, eu também.

              - Eu espero muito, com todas as minhas forças.
(...)
Eu me pergunto se viver vai ser sempre essa merda, porque se for eu fui enganado por todos:  pela tv, pelas músicas, pelos amigos, pelos meus pais, pelos filmes e pelo o resto do mundo.

           - Acho que essa é a nossa realidade. E ela desaba sobre as nossas cabeças diariamente.  Como se durante toda a nossa vida a gente tivesse usado  nossas energias construindo um teto cheio de ilusões pra nos proteger e agora esse teto se volta contra a gente e de proteção passasse a ser uma arma. O que fazer da vida agora? Agora que a gente já não acredita em tudo que os outros dizem, e que a realidade é tão mais difícil de engolir do que a gente pensava?

              - A vida é tão complicada.
(...)




 "E eu me pergunto se viver não será essa espécie

      de ciranda de sentimentos que se sucedem e

        se sucedem e deixam sempre sede no fim.." 

Caio Fernando Abreu

2 comentários:

Winny Trindade disse...

E a gente se pergunta e se questiona... o tempo todo, toda hora.

Abraço meu.

Daaý Brunett´S disse...

Essa vida é tão complicada, não somos nós, é ela mesmo!
"E pela minha lei a gente era obrigado a ser feliz"
adorei essa frase..
Beeijos