terça-feira, 21 de junho de 2011

Nossos desencontros


- É impressionante o número de vezes que a gente se desencontra por essa vida.
- É o destino implicando com a gente. Ou a gente implicando com ele.
- Implicando como?
- Tentando modificar de alguma forma o que já estava pré estabelecido para a gente. Vai ver que não era pra gente ter se esbarrado um dia, mas que por um descuido, aconteceu. E agora que a coisa toda saiu de controle, o destino está tentando nos convencer de que os planos dele eram melhores.
- Melhores? Pode até ser, mas o nosso me parece bem mais divertido. Que coisa chata deve ser saber exatamente a forma com que tudo vai acontecer. Ter a missão de zelar para que nada saia dos planos. Mas talvez ele não esteja nos implicando. Talvez ele esteja feliz por saber que alguém está modificando um pouco as coisas. Só não quer dar o braço a torcer.
- Quem diria o destino ser tão teimoso quanto nós.
- Mas a gente consegue ser pior
- Pior por que?
- Olhe só pra gente, tentando colocar a culpa da nossa desordem no destino. Tentando justificar assim a nossa falta de tempo um com outro.
( risos)
- É verdade.

2 comentários:

Raissa;* disse...

Me pergunto tanto isso, até parece que sou eu que estou protagonizando esse dialogo. Será que era mesmo pra ele aparecer na minha vida e mudar tanto as coisas de lugares?! Será que eu tô insistindo no que não devo?! Eu só queria algumas respostas, algumas certezas; mas sei que estas nunca virão!
beeijo Silvinha!
Bom final de semana!

Daý disse...

A gente sempre acha alguem pra por a culpa. Hahahahaha

Florzinha, saudades de ti! Tudo supimpa? Espero que sim =)

Beijos