quarta-feira, 18 de maio de 2011

"E o certo é que eu não sei o que virá"


         Durante longas horas de insônia ela pensava mas promessas que jamais seriam cumpridas, nas pessoas que jamais voltariam, em um sorriso em especial que já não via brotar a quase dois anos e que talvez nunca mais veria a não ser em sonhos. Pensava nos amigos, onde estão agora e será que estão bem, se são felizes. Porque a felicidade é importante. Pensava nos trabalhos da faculdade que ainda não foram feitos, na falta de concentração nos estudos e até pra escrever um texto bobo sobre o cotidiano. Na falta de tempo e em como a vida passa rápido. Pensava nele. Pensava em levantar e ver se ainda tinha melancia na geladeira, mas o frio impedia de sair da cama.  E ia pensando em todas as situações hipotéticas que passavam pela sua mente. Criadas pela sua imaginação super fértil.  Eram muitos os momentos de insônia viajando por mundos e lugares incríveis. Diálogos e discussões intermináveis. Risos espontâneos e abafados. Lembranças de um tempo bom. E de repente voltava a pensar na vida real. Nos encontros e desencontros do caminho. A necessidade de dormir porque tinha uma vida pra levar. Uma coisa era fato: Estava pensando mais nele do que deveria. E isso não era nada bom.

4 comentários:

Jair Gabardo. disse...

Decidi há muito tempo, não caminhar à sombra de alguém.
Se eu fracassar ou obtiver sucesso
Terei vivido acreditando em mim
Não importa o que abstraim de mim
A minha dignidade não conseguirão...
Pois o maior amor de todos me aconteceu

E o encontrei dentro de mim mesmo
O maior amor é fácil alcançar:
Aprenda amar a si mesmo, este é o maior amor.

*Assim fica mais fácil lembrar, sentir saudades sem que haja um desmoramento do nosso eu.

Bjos =*

(Trecho traduzido da canção "The Gratest Love Of All").

Winny Trindade disse...

Ultimamente, dormir é o que mais nos consola, né amiguinha?

Abraço meu.

Lua disse...

e a vida é isso mesmo: um misto tao grande de coisas, de duvidas, de vontades..

bjo ;*

Raissa;* disse...

Não preciso de insônia, quase todo dia antes de dormir isso acontece, imaginação aqui não falta, quanta fertilidade...
São tantos planos, tantas historias que nunca, quem sabe um dia existirão de fato!
beeijo Silvinha!
Boa semana!